Resenha | Ponto de Impacto – Dan Brown

Dan Brown está de volta para nossas resenhas e dessa vez trago para vocês minha opinião sobre Ponto de Impacto, o último livro publicado por Dan Brown sem a presença do famigerado professor Langdon, mas que carrega todos os elementos que gostamos nas histórias do autor.

“A paz neste planeta não será construída por meio da força militar. Será forjada por aqueles que conseguirem se unir apesar das divergências de seus governos.”

Sobre a História

O livro começa com um grande mistério e uma grande disputa. O senador Sedgewick Sexton e o atual presidente dos EUA, Zachary Herney, estão em uma grande corrida eleitoral. O principal ponto da oposição de Sexton acusa o presidente de desperdiçar muito dinheiro público investindo na NASA, sendo que há muito tempo a mesma já não da nenhum retorno a altura desses investimentos bilionários para os americanos. Porém, o que o senador não sabe é que o presidente tem uma carta na manga guardada a algumas semanas. O segredo será revelado ao público no dia seguinte e além de aumentar a popularidade de Herney na campanha, vai salvar a dignidade e confiança do povo com a NASA.

Para fazer essa revelação, o presidente Harney e elabora uma estratégia com a NASA e envia quatro cientistas civis, sem qualquer relação com a Casa Branca ou com a agência espacial, para o Ártico e confirmarem a veracidade dessa descoberta ao mundo. Porém, os planos do presidente envolvem uma quinta pessoa, Rachel Sexton, a filha do Senador. Rachel é uma das principais funcionárias da NRO (Escritório Nacional de Reconhecimento) e trabalha para o governo analisando dados enviados de outros institutos governamentais. Rachel não tem uma boa relação com o pai, mas mesmo assim fica relutante em aceitar o convite do presidente, ainda mais quando seu diretor, William Pickering, a avisa que provavelmente o presidente só quer usa-la para sua campanha.

Rachel acaba indo até a geleira onde foi feita a descoberta e se junta aos outros cientistas que explicam a ela a descoberta. Rachel fica chocada com a revelação e não vê outra opção a não ser colaborar… até que tudo começa a sair do controle. Um desses cientistas é Michael Tolland, um oceanógrafo que tem uma popular série de TV e foi convidado para produzir um mini documentário sobre a descoberta para o público mais leigo. Rachel acaba desenvolvendo um sentimento por ele durante essa aventura e juntos eles precisam descobrir a verdade.

Ao mesmo tempo que tudo isso está acontecendo, Marjorie Tench, a principal conselheira do presidente, prepara uma armadilha para o senador e manipula tudo para que o plano de Herney seja um sucesso. Em contrapartida temos Gabrielle Ashe, a assistente prodigiosa de Sexton, que vem recebendo informações sigilosas vazadas da Casa Branca e ajudando seu candidato a vencer a eleição.

Minhas Considerações

Temos aqui uma história com grande potencial e uma trama muito bem elaborada. Em todo momento temos um mistério que precisamos saber, que prende nossa atenção e quando menos esperamos: plot twist; o jogo vira e tudo o que achávamos não é mais a verdade. Isso acaba sendo muito interessante, em especial, graças a disputa eleitoral acontecendo em paralelo, pois toda mudança acabava fazendo com que um lado saia na frente e que você não sabe mais quem vai se dar bem no fim.

O autor, assim como em seus outros livros, nos trás muitas informações científicas para explicar o que está acontecendo e faz isso de uma forma ideal, que não deixa o leitor perdido, mas ao mesmo tempo não é superficial. Nem imagino o trabalho de pesquisa que ele deve ter.

Mas nem tudo é ótimo. Existem alguns pontos e momentos específicos no livro que tem seus defeitos. Os principais para mim são como os personagens conseguem passar por situações que forçam um pouco a barra da gente engolir. Mas sabemos o elemento de ação cinematográfica que Dan Brown usa em suas narrativas, então no fim acaba sendo uma coisa que a gente releva.

Este é um livro que eu recomendo para quem já leu e gostou de outros livros do autor e para quem não tem muita experiência com leitura também, pois como a narrativa se assemelha muito a um filme, fica mais fácil das pessoas gostarem e não abandonarem a leitura.

“Nunca disperse o foco a menos que seja absolutamente necessário. Enfrente um adversário de cada vez.”

Discussão (com Spoilers)

Antes de mais nada eu queria dizer que eu não sabia qual era a descoberta da NASA e não fiquei em paz até ser revelado. Por mais dicas que iam sendo dadas no caminho, em nenhum momento eu imaginei que seria a prova que existem seres vivos em outros planetas. Eu achei incrível. Pena que na verdade não, né? Hahaha.

O romance entre a Rachel e o Mike foi um conflito de sentimentos pra mim. Porque ao mesmo tempo que eu fiquei “ah pronto, claro que tinha que existir par romântico”, eu também achei que eles combinam, então no fim das contas espero que sejam felizes.

O final foi meio previsível. A partir do momento que o míssil atinge um carro misterioso no ponto de encontro entre Marjorie e Pickering, e o livro da a impressão de que quem morreu foi o diretor, mas não afirmar isso em momento nenhum, não restou duvidas que ele era o grande vilão.


Avaliação

♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads

Título: Ponto de Impacto (Deception Point)PONTO_DE_IMPACTO_1228487893B

Autor: Dan Brown

Editora: Arqueiro

Ano: 2014 (2001)

Páginas: 448

Idioma: Português (Inglês)

ISBN: 978-85-992-9601-1

Sinopse: Quando um novo satélite da NASA encontra um estranho objeto escondido nas profundezas do Ártico, a agência espacial aproveita o impacto da sua descoberta para contornar uma grave crise financeira e de credibilidade.
O peso dessa revelação acarreta sérias implicações para a política espacial norte-americana e, sobretudo, para a iminente eleição presidencial.
Com o objetivo de verificar a autenticidade da descoberta, a Casa Branca envia a analista de inteligência Rachel Sexton para a desolada geleira Milne. Acompanhada por uma equipe de especialistas, incluindo o carismático pesquisador Michael Tolland, Rachel se depara com indícios de uma fraude científica que ameaça abalar o planeta.
Antes que Rachel possa falar com o presidente dos Estados Unidos sobre suas suspeitas, ela e Michel são perseguidos por assassinos profissionais controlados por uma pessoa que é capaz de tudo para encobrir a verdade. Em uma fuga desesperada para salvar suas vidas, a única chance de sobrevivência para Rachel e Michael é desvendar a identidade de quem se esconde por trás de uma conspiração sem precedentes.
Com fascinantes informações sobre a NASA, a comunidade de inteligência e os bastidores da política americana, sem falar na polêmica discussão sobre a possibilidade de vida extraterrestre, Ponto de Impacto revela o amadurecimento de Dan Brown como escritor, reunindo todas as qualidades que o transformariam em um fenômeno mundial com seu livro seguinte: O Código da Vinci.

* Informações da publicação original entre parênteses

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s