O Planeta dos Macacos - Pierre Boulle

Resenha | O Planeta dos Macacos – Pierre Boulle

O Planeta dos Macacos é um livro do escritor francês Pierre Boulle que ganhou uma famosa adaptação cinematográfica.


Olá, Sonhadores! Estamos começando mais um ano aqui no blog e uma coisa que posso prometer é que teremos resenhas de livros incríveis toda semana. E para dar início nessa temporada eu trouxe um clássico da ficção científica que você, pelo menos, já deve conhecer pela série de filmes: O Planeta dos Macacos.

“Não existe nada na anatomia dos macacos que se oponha ao uso da fala, nada, exceto a vontade.”

Apesar de existirem muitas adaptações para o cinema, inclusive uma série de filmes, esse é um livro único. Eu confesso que não assisti a nenhum deles então não poderei comentar sobre agora, mas caso eu assista em algum momento eu trarei atualizações para a resenha.

Sobre o livro “O Planeta dos Macacos”

O livro começa nos apresentando um casal de alienígenas em sua nave encontrando uma garrafa misteriosa flutuando pelo espaço. Uma clássica referência as garrafas no mar em histórias de piratas. Bem, nessa garrafa eles encontram um relato, um texto que conta a verdadeira história desse livro.

Essa história é narrada pelo jornalista Ulysse desde o momento em que ele e seus companheiros Professor Antelle e o médico Levain partem para o espaço a caminho da estrela Betelgeuse onde, supostamente, pode haver um planeta habitável como a Terra.

Chegando lá eles realmente encontram um planeta perfeitamente habitável, o único problema é que nele foram os macacos que evoluíram, não os humanos. Toda a cultura, política e ciência é controlada e administrada por chipanzés, orangotangos e gorilas, enquanto os humanos são tratados como animais selvagens.

Imersos nessa complicada situação, Ulysse acaba se apaixonando por uma humana selvagem e colocando em risco todos os seus planos de encontrar uma maneira de esclarecer as coisas, salvar seus amigos e voltar para a Terra.

Outros livros que podem te interessar:

Minha Opinião

Existem muitas coisas curiosas nessa história. A primeira e mais evidente é o fato de que grande parte de como os macacos se desenvolveram é muito semelhante a nossa. E aí a gente fica se perguntando se independente das circunstâncias certas coisas são inevitáveis? A única diferença é que os macacos ainda não haviam conseguido chegar ao ponto da tecnologia terrestre, sendo incapazes de viajar pelo espaço.

Outro fato interessante é a relação entre os seres. O humanos selvagens tinham um ódio profundo dos macacos. Isso porque eles eram alvos comuns de caçadas feitas por gorilas. Havia um extermínio muito cruel de humanos por parte deles. Inclusive, o Professor Antelle havia trazido um chimpanzé terrestre com eles na nave, mas que foi brutalmente assassinado por uma humana selvagem assim que eles chegaram ao planeta.

Mas até entre os macacos as coisas eram complicadas, havia uma divisão de classes onde os gorilas eram reconhecidos por seu poder tanto econômico quanto bélico, os orangotangos dominavam a ciência e a tecnologia e, por fim, os chimpanzés eram considerados o “resto”. Tanto que é com uma amável chimpanzé que Ulysse consegue ajuda.

Outra coisa que chama atenção logo no início é o fato dessa viagem ser tratada como um caminho sem volta. Você já deve ter se deparado com o conceito de que quando se viaja milhões de anos na velocidade da luz, para você o tempo passou rápido, mas na realidade se passaram esses milhões de anos, então tudo o que você conhecia já não existe mais. Isso é algo que sempre me fascinou.

Enfim, eu poderia trazer muito mais pontos do livro que valem a pena serem comentados, mas o post ficaria gigantesco. Além disso vale a pena você ler por si mesmo e encontra-los. É uma leitura muito interessante!

“O que caracteriza um civilização? Será o gênio excepcional? Não; é a vida rotineira…”


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


O Planeta dos Macacos - Pierre Boulle

O Planeta dos Macacos

Pierre Boulle

ISBN: 978-65-860-6405-6

2020 – Aleph

216 páginas

Português (Brasil)

Sinopse

Publicado pela primeira vez em 1963, o livro inspirou uma das franquias mais bem-sucedidas da história do cinema. Com milhões de exemplares vendidos ao redor do mundo, O planeta dos macacos é um dos maiores clássicos da ficção científica imprescindível aos fãs de cultura pop.
Uma tripulação de cientistas desbrava o espaço e descobre uma terrível verdade: no mundo em que pousaram, os seres humanos não passam de bestas selvagens a serviço da espécie dominante: os macacos.
Desde as primeiras páginas até o desfecho surpreendente, ainda mais impactante do que a famosa cena que encerra o filme de 1968. O planeta dos macacos é um romance de tirar o fôlego, com boa dose de inquietação e sarcasmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s