Skyward – Brandon Sanderson

Olá Sonhadores! Depois de dois meses de enrolação para ler este livro (que eu tive o privilégio de comprar antecipadamente na CCXP 2018 e perdi a chance de ser um dos primeiros a falar sobre ele aqui no Brasil, parabéns pra mim), finalmente chegou a hora da resenha desse lançamento super aguardado pelos fãs de Brandon Sanderson que tem aumentado cada dia mais.

– Humanos não tem programação.

– Sim vocês têm. Vocês têm muito disso. Programas conflitantes, nenhum deles interagindo adequadamente e chamando funções diferentes ao mesmo tempo… ou a mesma função por razões contraditórias. Mesmo assim, vocês ignoram isso de vez em quando. Não é uma falha. É o que torna vocês vocês.”

Sobre a História

O livro conta a história de uma nave espacial de seres humanos que, em fuga, caiu e ficou presa em um estranho planeta deserto, mas que claramente já foi habitado a muito tempo atrás, pois, por toda parte, havia destroços de uma antiga civilização. O que era estranho neste lugar, era que a atmosfera do planeta era totalmente cercada por destroços que ficavam orbitando no céu e caindo esporadicamente.

Em busca de sobreviver e sair deste planeta, os humanos usaram os recursos que encontravam nos destroços para montar naves novas. O problema era que frequentemente o planeta era atacado por alienígenas chamados de Krell. Não se sabia nada sobre eles, nem mesmo seu objetivo em atacar os humanos, mas por causa disso por gerações os humanos que caíram neste planeta tiveram que lutar por suas vidas.

Até que chegamos na nossa protagonista: Spensa. Chaser, seu pai, foi um dos pilotos que enfrentaram os Krell nas primeiras batalhas. Porém, por causa de suas últimas ações em batalha, ele foi considerado como um covarde, deixando esse terrível legado para sua filha. Spensa cresceu sendo considerada a filha de um covarde, mas sempre manteve o sonho de ser um piloto, assim como seu pai, pois em nenhum momento ela acreditou na história que contaram sobre ele.

facetune_14-02-2019-19-41-07

Minhas Considerações

Brandon Sanderson, para mim, já é um autor que confio. Skyward é seu lançamento mais recente e se manteve na qualidade dos anteriores (pelo menos dos que eu já li). Esse livro parece ser o primeiro de uma nova série, pois tem o final aberto e boa parte dele nos é apresentado coisas sobre o universo em que a história se passa. Muito parecido com o que aconteceu com Mistborn, por exemplo.

A narrativa é muito fluida e os personagens são cativantes, especialmente as meninas. Inclusive, esse livro foi muito satisfatório para mim, vendo como o autor soube criar e usar personagens femininas de uma forma digna. Claro que eu sou um homem dizendo isso, mas se você é mulher, por favor, comente se você concorda comigo, ou se eu deixei passar alguma coisa ruim.

O livro conta com várias ilustrações que ajudam a gente a imaginar as descrições, pois como é uma ficção científica, as vezes é difícil visualizar as coisas, especialmente se não for acostumado com o gênero.

Foi uma leitura muito legal. A história te prende, pois há tantas perguntas sem respostas que você precisa ler até o final para descobrir sobre o que tudo isso se trata. Recomendo muito a leitura!

“– Escrevi uma sub-rotina – ele disse. – Para simular a sensação de temer a morte. Eu queria saber como era.

– Isso foi estúpido.

– Eu sei. Mas não posso desligar porque tenho ainda mais medo disso. Se eu não temer a morte, isso não seria pior?”

Discussão (com Spoilers)

Creio que podemos definir dois mistérios no livro que são os ápices da história. Primeiro, o que realmente aconteceu com o pai de Spensa para ele ser considerado um covarde. Logo no começo isso nos é apresentado, no meio do livro temos a resposta, mas só no final temos o quadro completo. Achei isso bem interessante, pois esse mistério está diretamente com o segundo: os Krell. O que são eles? O que eles querem? As ações deles durante a história são muito vagas e eles não parecem ser grande coisa. Até o momento em que Chaser consegue voar para fora do planeta, mas volta totalmente diferente. O que ele viu lá fora? Particularmente, essa foi minha MAIOR curiosidade. Tivemos também algumas questões menores como o que afinal era “o defeito” e qual era o objetivo da tirana Ironsides?

Além de tudo isso, o contexto conta com um cenário político pouco explorado pela narrativa. Tenho certeza que na sequência isso terá mais foco, pois pelo final, a humanidade sobrevivente terá que tomar decisões e com certeza isso causará conflitos políticos. Sem contar a grande separação de classes sociais que foram se formando ao longo da estadia dos humanos neste planeta.

Estou muito curioso para ver a sequência. Espero que não demore muito para ser publicada. Obrigado Brandon Sanderson por mais esse história incrível!

facetune_14-02-2019-19-49-00


Avaliação

♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads

SKYWARD_1543187150832013SK1543187150B Título: Skyward

Autor: Brandon Sanderson

Editora: Planeta

Ano: 2018

Páginas: 400

Idioma: Português (Inglês)

ISBN: 978-85-422-1511-3

Sinopse: Derrotada, devastada e levada quase à extinção, a raça humana se vê presa em um planeta distante, constantemente atacado por misteriosos combatentes alienígenas. Spensa, uma adolescente, anseia por se tornar piloto e se juntar à resistência. Quando descobre os restos de uma velha nave, um modelo que a garota nunca tinha visto na vida, percebe que esse sonho pode enfim se tornar realidade. Para isso, no entanto, a garota precisará consertar a grande nave, aprender a pilotá-la e – talvez o mais difícil – convencer a inteligência artificial que controla os restos da embarcação a ajudá-la: essa incrível nave, de alguma forma, parece ter uma alma própria.

* Informações da publicação original entre parênteses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s