Tarzan - Edgar Rice Burroughs

Resenha | Tarzan – Edgar Rice Burroughs

Tarzan é o primeiro livro de uma série escrita pelo norte-americano Edgar Rice Burroughs.


Olá, Sonhadores! Continuando a saga de ler livros que inspiraram filmes da Disney, hoje trago para vocês a minha experiência com a leitura de nada mais, nada menos, do que Tarzan! E qual foi minha surpresa quando descobri que, na verdade, se trata de uma série!? Infelizmente ela não foi trazida completa para o Brasil, então vou falar apenas sobre o primeiro volume. Preparados?

“Tarzan era dono de um corpoe um cérebro de ser humano, mas ele era macaco por causa do ambiente e do estilo de sua vida na selva.”

Sobre o Livro

A trama da história é bem parecida com o filme da Disney, exceto pelo fato de que tudo é tratado de forma menos infantilizada. O livro começa também um pouco antes do filme, contando como e porquê os pais de Tarzan foram parar isolados e perdidos nessa selva. A história conta também o que eles fizeram para sobreviver e como acabaram morrendo.

A partir daí seguimos com o que conhecemos, a macaca Kala encontra o bebê, o adota e o batiza de Tarzan. O menino tem uma infância difícil por causa do seu desenvolvimento atrasado em comparação aos outros filhotes, afinal ele é humano. Mas sua mãe adotiva faz tudo para protege-lo e ajuda-lo. Quando Tarzan já está mais velho, começa a desenvolver habilidades novas e a superar seus irmãos macacos.

Um dia, Tarzan encontra a cabana em que seus pais morreram e, aos poucos, vai descobrindo quem ele realmente é. No meio dessa jornada temos a chegada de Jane, que também acaba encrencada e perdida na selva com seu pai e companheiros de viagem. Além disso, diferente do filme, no livro temos um elemento a mais, uma aldeia de nativos africanos que, para fugir dos Europeus, se refugiaram distantes no continente, próximos a grande selva.

Tarzan - Edgar Rice Burroughs

Outros livros que podem te interessar:

Minha Opinião

Por incrível que pareça, a Disney até que seguiu muito fielmente o livro. Fazendo adaptações apenas no que era necessário para torna-lo mais voltado ao público infantil. Cortaram alguns elementos também que não atrapalham a história por sua ausência, mas que entendo que foi necessário pelo pouco tempo que o filme tem. De qualquer forma, o filme foi muito bem construído e se aproveitou de muitas referências interessantes do livro.

Para quem não sabe, existe um filme 2 do Tarzan, mas ele se passa na infância do menino, não é uma continuação e também não tem ligação com o andamento da série.

Agora falando um pouco sobre o livro em si. A escrita do autor é muito semelhante ao de Júlio Verne, então, para mim, foi um prazer lê-lo. A linguagem, os personagens, os toques de aventura e ficção que o autor usa são muito característicos ao de Verne.

Apesar de ser uma série, esse livro tem um começo meio e fim. No final temos apenas um gancho para o próximo volume. O problema aqui é que esse gancho é muito chocante, eu realmente não estava esperando por ele. Então agora eu sinto que preciso ler o próximo volume. Também achei que o final foi meio corrido, tudo aconteceu muito rápido e acho que faltou um desenvolvimento mais sutil, pois a história passa por uma mudança bem drástica.

Vale também evidenciar que esse é um livro escrito em 1912, com uma trama que se passa muito antes disso ainda e, além disso, em um continente Africano um pouco fantasiado. Tem uma exaltação da raça branca e uma mistificação dos africanos que, inclusive, acredito ter sido o principal motivo para terem cortado toda a relação da história com isso do filme.

De resto é um livro muito fascinante. Para quem gosta de aventura, esse é um prato cheio. Vou tentar ler os próximo volumes em inglês (apesar de até esses serem de difícil acesso). Recomendo a leitura a todos!

“Tarzan dos Macacos era a personificação do homem primitivo, do caçador, do guerreiro. (…) ele podia facilmente encarnar algum semideus de um povo selvagem e guerreiro de sua antiga floresta.”


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


Tarzan

Edgar Rice Burroughs

ISBN: 978-65-509-7002-4

2020 – Principis

288 páginas

Português (Brasil)

Sinopse

Um casal de aristocratas ingleses é abandonado em uma ilha após um motim. Eles sobrevivem e na floresta nasce o pequeno lorde Greystoke, porém a sorte os abandona rapidamente com a morte do casal. O órfão é adotado por Kala, uma macaca antropoide, que o chama de Tarzan e o introduz na tribo à que pertence. Criado na selva, ele se torna poderoso, com grandes habilidades físicas, mas selvagem. Até que ele tem o primeiro contato com os humanos e conhece Jane, que desperta questionamentos sobre a sua identidade e origem, criando um conflito entre seu lado selvagem e humano.

2 comentários sobre “Resenha | Tarzan – Edgar Rice Burroughs

  1. Que bacana! Eu não fazia ideia da existência desse livro. Eu era apaixonada pelos livros de Julio Verne na adolescência, então creio que irei gostar bastante de fazer a leitura desse livro quando tiver a oportunidade. Amei a resenha e também a foto 😍👏🏼👏🏼👏🏼

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s