Resenha | O Mágico de Oz – L. Frank Baum

Olá, Sonhadores! Eu não apenas demorei muito tempo da minha vida para ler a história original de O Mágico de Oz como também demorei para trazer a resenha para o blog. A primeira demora foi devido a não ter muitas expectativas e a segunda foi por ter me surpreendido tanto que precisava digerir tudo, pois queria escrever uma boa resenha. Então hoje trago finalmente está clássica história para falarmos um pouco!

“Ele sabia muito bem que não tinha coração, portanto tomava muito cuidado para nunca ser cruel ou insensível com ninguém.”

Sobre a História

Acho que qualquer pessoa que já foi criança conhece (pelo menos por cima) O Mágico de Oz. Ela conta a história da pequena Dorothy que vivia na isolada fazenda de seus tios no Kansas, tendo apenas como companhia seu fiel cachorrinho, Totó.

Em um dia como qualquer outro, um misterioso furacão surge na fazenda e leva embora a casa de Dorothy (com ela e Totó dentro). Quando tudo acaba, ela descobre que foi parar em um lugar desconhecido e precisa encontrar um jeito de voltar para os tios. Neste mundo ela conhece alguns personagens que, apesar de não saberem onde é o Kansas para a levarem de volta, sugerem que ela vá atrás de Oz na Cidade das Esmeraldas, pois ele é um mago muito poderoso e pode ser a única pessoa que poderia ajuda-la. Em sua jornada, Dorothy conhece um Espantalho, um Homem de Lata e um Leão que se juntam a ela a caminho da Cidade das Esmeraldas para pedirem ajuda a Oz também. O Espantalho se acha muito ignorante e gostaria de pedir um cérebro, o Homem de Lata gostaria de ter um coração para ter sentimentos e o Leão gostaria de ter coragem para não se sentir tão humilhado sendo um leão covarde.

Os amigos vivem muitas aventuras pelo caminho e quando chegam na Cidade das Esmeraldas descobrem um grande segredo que você vai precisar ler para descobrir!

Minhas Considerações

Apesar de eu conhecer o enredo de O Mágico de Oz desde sempre, os detalhes eram muito abstrato na minha cabeça. Eu não lembrava o que ou quem era Oz, não lembrava o papel das bruxas (em especial a do Oeste) na trama, não lembrava nem de onde Dorothy veio e como foi parar no mundo de Oz. Então ter feito essa leitura, mesmo sabendo várias coisas previamente, valeu a pena para conhecer a história mais a fundo.

Porém, a leitura valeu mais a pena ainda por outro motivo. Quando eu peguei para ler eu esperava algo semelhante a Alice no Pais das Maravilhas, que eu li pouco antes, gostei, mas não me causou nada especial. Só que O Mágico de Oz foi completamente diferente. Eu fui surpreendido por um texto mais sensível e mensagens mais profundas que me tocaram bastante e que fizeram esta leitura ser muito especial.

Acho que o grande destaque fica para os companheiros de Dorothy. É muito tocante como o Espantalho se acha tão ignorante, mas ao longo da história se mostra sendo o mais inteligente. Assim como o Leão que se acha covarde, mas é o primeiro a se colocar em risco para proteger os amigos. E claro, o Homem de Lata, que se achava insensível por não ter coração, mas sempre era muito bondoso e empático.

Definitivamente este é um pequeno livro que vale muito a pena ler.

“Você só precisa confiar mais em você. Não existe criatura viva que não sinta medo diante do perigo. A verdadeira coragem está em enfrentar o perigo mesmo quando você tem medo (…)”


Avaliação

Avaliação: 5 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


O Mágico de Oz

L. Frank Baum

ISBN: 978-85-513-0177-7

2017 – Autêntica

208 páginas (Pt/Br)

Sinopse: O Mágico de Oz conta a história de Dorothy Gale, uma órfã que vivia com os tios numa fazenda do Kansas, nos Estados Unidos. Um dia, um ciclone arranca do chão a casa onde moravam. Os tios conseguem entrar no porão que usavam como abrigo para tempestades, mas Dorothy e seu cachorro, Totó, se atrasam e ficam na casa, que foi levada durante muito tempo pelos ares até chegar à Terra de Oz.
Lá, Glinda, a Bruxa Boa do Norte, explica a Dorothy que ela havia matado a Bruxa Malvada do Leste, pois a casa aterrissou em cima dela. Dorothy agora é, por direito, dona dos sapatos mágicos prateados da bruxa má. Além disso, Glinda lhe dá um beijo na testa, para ela ficar em segurança durante as aventuras que viveria a caminho da Cidade das Esmeraldas, onde vive o poderoso Mágico de Oz, o único que poderia ajudá-la a voltar para o Kansas.
Para chegar à Cidade das Esmeraldas, Dorothy tem que seguir por uma estrada de tijolos amarelos. Durante a caminhada, ela encontra o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde. Os três se juntam a Dorothy, pois também querem encontrar Oz e pedir algo para ele: o Espantalho quer um cérebro para pensar como os homens; o Homem de Lata, um coração para amar como os homens, e o Leão Covarde quer coragem para ser o Rei dos Animais.
A partir daí, os quatro encaram perigos, vivem histórias fantásticas e aprendem a enfrentar os próprios medos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s