Resenha | Sangue de Lobo – Rosana Rios & Helena Gomes [P. S. Allen]

Olá, Sonhadores! Espero que todos estejam bem! Nossa que loucura que está minha rotina ultimamente: muitos projetos no trabalho, fim do semestre da faculdade, a mudança de casa… tenho estado cansadinho e com pouco tempo para me dedicar a leitura. Mas tá tudo bem, logo logo as férias chegam e posso descansar e ler tudo o que está atrasado.

Por falar em coisas atrasadas, a resenha de hoje é de um livro que pretendia terminar antes do Halloween, mas quem disse que eu consegui?! Mas como diz o ditado “antes tarde do que nunca”, vou compartilhar essa experiência com vocês agora em novembro mesmo. Vamos lá?!

“Ele arreganhou os dentes de novo, satisfeito. Saltou sobre a garota e derrubou-a no chão frio. Ela não podia escapar.”

Cris e Cris são duas amigas que adoram jogar RPG com seus amigos. Em um final de semana de descanso, elas vão para uma cidadezinha no interior de Minas Gerais e se hospedam no hotel fazenda Sete Outeiros. Andando pelo centro do simpático vilarejo, acabam entrando em uma livraria onde conhecem dois garotos que também amam RPG. Pronto! Um novo grupo para jogar se forma e naquela noite eles se divertem com um Campanha repleta de mistérios, lobisomens e paisagens lúdicas.

No dia seguinte, as amigas estão visitando um museu que contém toda a historia do lugar, quando encontram um livro que misteriosamente se parece muito com a historia do jogo do dia anterior. Intrigadas, elas pegam o livro emprestado com o proprietário para ler durante a estadia no local. Porém, enquanto avançam na leitura, crimes e assassinatos começam a ocorrer de forma muito parecida com o conteúdo do livro. Então elas percebem que tudo o que foi narrado é real, assim como o jogo, e o pior de tudo: alguém está dando continuidade aos fatos. Juntamente com os garotos, elas vão investigar essa historia a fundo, mesmo que isso signifique que podem cruzar com um lobisomem em seu caminho.

Quando eu fazia Técnico em Química eu peguei este livro emprestado na biblioteca. Na época, eu estava um pouco curioso para saber mais sobre RPG e o livro poderia me ajudar nisso. Porém, eu acabei desanimando da leitura por estar de ressaca literária e devolvi um pouco antes de me formar. Somente neste ano, depois de muito procurar, que decidi comprá-lo para terminar a historia. Não me arrependo.

Bom, em relação ao RPG… não temos nada disso no livro (kkkkk). Ele é usado apenas como um elemento para dar início aos fatos, mas suas características não são exploradas. Então, continuo sem saber ao certo quais são os dados, o papel do Mestre e como construir as Campanhas.

Quanto a escrita e a narrativa, quero ressaltar que é um livro nacional. Sempre acabo dando evidência a esse fato porque sei que consumo pouco material brasileiro. Mas se procurarmos direitinho, sempre vamos achar por aqui mesmo tudo o que gostamos nas histórias dos autores internacionais.

A história não é grandiosa, inovadora ou polêmica. Certamente você já terá lido em algum outro lugar tudo o que aconteceu nas páginas desse livro. Porém, acho sempre inusitado e divertido as releituras das situações em cidades brasileiras, ainda mais nesse caso que vai trazer elementos do folclore brasileiro. Dá pra entender um pouco mais de nossas crendices, espiritualidade e cultura popular.

“A fome venceu. Ele arreganhou os dentes e já ia encaixá-los no pescoço da vítima, quando ela reagiu…Cravou o punhal de prata no coração do lobisomem.”

Para quem ama mistérios em cidadezinhas pequenas, folclore brasileiro, lobisomens e partidas de RPG com os amigos, esse livro certamente será uma aventura curiosa, engraçada e que vai prender sua atenção até o fim.

Até a próxima!


Avaliação

Avaliação: 3.5 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


Sangue de Lobo

Rosana Rios & Helena Gomes

ISBN: 978-85-625-2535-3

2010 – Farol Literário

520 páginas (Pt/Br)

Sinopse: Em ‘Sangue de Lobo’, um antigo original de um livro que conta uma história de mistério e morte jaz esquecido num pequeno museu em um restaurante no sul de Minas Gerais. Duas jovens, Ana Cristina e Cristiana, em viagem com a família de Ana, encontram-no e leem a história. Elas ficam assustadas, pois o enredo do livro retrata exatamente o jogo de RPG que elas criaram com amigos em São Paulo. E o mais curioso – a história se passa na cidade onde vão passar as férias. Foi lá que ocorreram crimes em série no início do século XX. E, no mesmo local, 100 anos depois, volta a acontecer uma sequência sinistra de mortes – oito macabras bonecas de porcelana parecem corresponder às vítimas de um insano assassino serial. As histórias do presente e do passado se misturam a partir do lobisomem Hector, um jovem inglês do passado que luta contra a maldição da Lua Cheia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s