Resenha | Mulheres Sem Nome – Martha Hall Kelly

Olá, Sonhadores! Hoje eu trago um livro sobre um tema não muito comum aqui no blog: Segunda Guerra Mundial. Eu não sou muito fã desse tipo de livro, mas sei que MUITA gente é. Li ele no clube de leitura que participo e devo dizer que foi uma conveniente surpresa. Se você já gosta do gênero, mas ainda não conhece esse livro, vem comigo nessa resenha. Mas se você é assim como eu e não tem muita experiência, vem também porque esse livro vai ser uma grande oportunidade para você!

“Não gaste sua energia com ódio ou isso vai acabar matando você. Concentre-se em se manter forte. Você é inteligente. Descubra uma maneira de ser mais esperta do que elas.”

O que torna essa livro conveniente e ideal para quem não lê muito sobre esse tema é o fato dele ser narrado por três pontos de vistas de mulheres em condições e locais diferentes durante esse mesmo período da Segunda Guerra Mundial. Uma das personagens é uma polonesa que foi capturada e levada para um campo de concentração nazista; outra é uma médica alemã nazista que trabalha nesse campo de concentração; e a terceira é uma americana que dedica sua vida a ajudar crianças francesas, órfãs pela guerra, através de trabalho voluntário na embaixada francesa dos EUA. Ou seja, é como ler três livros em um! Isso super ajuda leigos como eu que nunca tiveram muito contato com essas histórias. Neste livro nós vamos conhecer a realidade de um campo de concentração e o terror que se passava lá dentro. Também vamos ter o ponto de vista nazista e o que se passava na cabeça daqueles alemães. E, de bônus, temos um pouco de como os EUA lidaram com a guerra antes e depois de se envolver.

É uma grande quantidade de aprendizado, mas também é uma história interessante de se ler mesmo para quem já é experiente (pelo menos foi o que eu conclui através das reuniões do nosso clube). Mas isso não me surpreende porque realmente parece interessante. Primeiro porque a polonesa e suas amigas e familiares foram inspiradas em pessoas reais, conhecidas como “As Coelhas” (e não vou dar detalhes sobre isso, pois é interessante descobrir lendo). Segundo, ver um pouco do ponto de vista nazista é algo que eu sempre fiquei muito curioso de saber, pois, hoje em dia, é inimaginável para nós (ou pelo menos nós que temos o mínimo de decência) entendermos como foi que os alemães chegaram nesse ponto de insanidade. E, por fim, conhecer mais sobre o envolvimento dos EUA é algo diferente, pois imagino que a grande parte dos livros sobre a segunda guerra não devem falar muito sobre isso e focam mais na Europa, mas isso é só suposição minha. Ah, e além disso, Caroline, a protagonista americana, também é inspirada numa mulher que existiu e desempenhou os mesmos papéis que a personagem do livro.

Todo o livro se passa desde um pouco antes de começar oficialmente a guerra até um período após a derrota da Alemanha. Então, muito tempo se passa durante os acontecimentos. Afinal, a guerra durou seis anos. E, como você deve supor, em algum momento a vida dessas três mulheres irão se cruzar.

Além delas existem, obviamente, diversos personagens secundários e uma das maiores características desse livro é a relação entre todas essas personagens. É um livro sobre relações, sejam de romance, familiares ou de amizade. Tudo dentro do contexto terrível de uma guerra. Então, em partes é agradável de ler, mas também é muito tenso e cheio de gatilhos.

No fim das contas esse livro foi uma leitura de sucesso pra mim porque conseguiu me deixar com vontade de ler mais sobre. Principalmente sobre o ponto de vista nazista que, infelizmente, foi o menos explorado no livro e não satisfez ainda minha curiosidade. E apesar da história chegar a um fim, o livro faz parte de uma série. Porém, cada livro tem seu próprio contexto e o que os une são personagens que aparecem entre eles. Ainda não li esses próximos volumes, mas acredito que eles valham a pena também, pois a autora escreve muito bem.

Enfim, recomendo muito esse livro para todo mundo!

“Dedicar-se a resolver os infortúnios dos outros é o melhor modo de superar problemas pessoais.”


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


Mulheres Sem Nome

Martha Hall Kelly

ISBN: 978-85-510-0255-1

2017 – Intrínseca

496 páginas (Pt/Br)

Sinopse: A socialite nova-iorquina Caroline Ferriday está sobrecarregada de trabalho no Consulado da França, em função da iminência da guerra. O ano é 1939 e o Exército de Hitler acaba de invadir a Polônia, onde Kasia Kuzmerick vai deixando para trás a tranquilidade da infância conforme se envolve cada vez mais com o movimento de resistência de seu país. Distante das duas, a ambiciosa Herta Oberheuser tem a oportunidade de se libertar de uma vida desoladora e abraçar o sonho de se tornar médica cirurgiã, a serviço da Alemanha. Três mulheres cujas trajetórias se cruzam quando o impensável acontece: Kasia é capturada e levada para o campo de concentração feminino de Ravensbrück, onde Herta agora exerce sua controversa medicina. Uma história que atravessa continentes — dos Estados Unidos à França, da Alemanha à Polônia — enquanto Caroline e Kasia persistem no sonho de tornar o mundo um lugar melhor. Costurado por fatos históricos e personagens femininas poderosas, Mulheres Sem Nome é um romance extraordinário sobre a luta anônima por amor e liberdade. Um livro inspirador, que encanta e comove até a última página.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s