Resenha Relâmpago | A Garota no Trem – Paula Hawkins

Olá, Sonhadores! Hoje não é um dia comum de se ter resenha por aqui e, provavelmente, você deve ter reparado algo de diferente no título dessa. Essa é uma nova modalidade de resenha que pretendo começar a trazer e decidi estrear com um livro que eu li a muito tempo e ainda não havia feito resenha porque na época eu nem tinha blog! Mas calma, tudo será explicado neste post. Vamos lá?

Bem, antes de começarmos a falar do livro em si, vou explicar o que é essa tal resenha relâmpago. Diferente das resenhas normais que eu faço com livros que li recentemente e, portanto, estão frescos na minha memória, as resenhas relâmpagos vão ser focadas em livros que eu li faz tempo, mas que, por algum motivo, eu não fiz resenha na época. Como o tempo vai passando e eu já não lembro bem o suficiente do livro para fazer uma resenha completinha como costumo fazer, decidi criar essa nova modalidade onde vou falar um pouco desses livros (que acho que valem a pena terem seu espaço por aqui), mas de forma um pouco mais breve e superficial. Pretendo trazer uma resenha relâmpago por mês no segundo sábado, então não vai afetar as resenhas normais de terça-feira que temos toda semana.

Agora sim, vamos para o livro. Decidi começar por A Garota no Trem por ser um bom exemplo de livro que eu gostei e adoraria ter feito resenha. Além disso, foi um livro que me marcou bastante, a ponto de eu ainda lembrar algumas coisas. E, de bônus, teve o filme que eu assisti e me ajudou a guardar melhor a história.

Este é um thriller, livro de estreia da autora Paula Hawkins, e fez um imenso sucesso durante 2015/16, quando o gênero estava na crista da onda. Como eu já era super viciado em Agatha Christie na época, um novo livro para desvendar um assassinato foi um prato cheio. A história fala sobre uma mulher que enquanto voltava de trem para casa, foi a testemunha ocular de um possível crime. Isso a fez se envolver com um caso cheio de mistério e intrigas, além de precisar lidar com seus próprios problemas.

O livro é narrado por três pontos de vistas de três mulheres diferentes (algo que se tornou super comum no gênero). Ele é muito bem escrito e, como um bom thriller, você não consegue parar de ler até saber o que está acontecendo. Uma coisa que eu não posso afirmar com certeza, mas que não lembro de ter sido um problema, foi o livro não ter furos e a trama ter sido bem fechada e finalizada. Por causa de não lembrar exatamente dessas coisas foi que sempre tive receio de trazer a resenha para o blog, mas nesse formato mais liberal vou me dar a licença de errar as vezes. De qualquer forma, acho que neste caso realmente foi assim. É um livro muito bom que vale a pena conferir, assim como o filme. Não lembro se chegaram a mudar alguma coisa na trama da adaptação, mas acredito que não, pois lembro de ter gostado também.

De bônus, o segundo livro da autora, Em Águas Sombrias, teve resenha aqui no blog e também vale a pena conferir.


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


A Garota no Trem

Paula Hawkins

ISBN: 978-85-011-0465-6

2015 – Record

378 páginas (Pt/Br)

Sinopse: Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor.
Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas dágua, pontes e aconchegantes casas.
Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s