Resenha | O Desaparecimento de Stephanie Mailer – Joël Dicker [P. S. Allen]

Olá, Sonhadores! Tudo bem com vocês? Nossa, como o tempo voou nesse último mês: já é final de Abril! Como estão suas leituras, suas TBR’s e suas metas? Contem para nós!

Bom, esse ano eu fiz uma TBR de verão com DOZE livros. Foi uma meta ousada para mim, eu confesso, pois haviam alguns livros grandes. Mas deu tudo certo no fim. Consegui ler onze deles, sendo um em inglês (uma experiência maravilhosa). Como havia prometido, estive fazendo resenhas sobre os melhores livros dessa maratona. Hoje quero falar sobre mais um deles.

“Ela deu de ombros e fez menção de partir. Eu tinha certeza de que ela estava blefando, e, de fato, ela parou após alguns passos se virou na minha direção.
— A resposta estava na sua cara, capitão Rosenberg. O senhor simplesmente não a enxergou.
Eu me senti ao mesmo tempo intrigado e irritado.

O Desaparecimento de Stephanie Mailer, do escritor sueco Joël Dicker, é um livro policial de 2014.  A história vai narrar o desaparecimento de uma jornalista que diz ter obtido informações sobre um crime que ocorreu há vinte anos. Tudo começa quando Stephanie vai procurar o policial responsável pelas investigações na época, Jesse Rosenberg, e declara que ele errou na investigação do assassinato do prefeito da cidade. Inconformado pela falha investigativa e curioso com o sumiço misterioso da jornalista, Jesse e seu parceiro, Derek Scott, abrem esta caixa de pandora e percebem que de fato erraram.

Como se isso não bastasse, está chegando mais uma edição do Festival de Teatro de Orphea, que começou quando o crime bárbaro de 1994 ocorreu, e o assassino começa a dar indícios de que vai agir novamente. Mas, dessa vez, para silenciar todos aqueles que podem desmascarar sua identidade. Com a ajuda da policial Anna Kanner, o trio vai correr contra o tempo para evitar que mais uma tragédia ocorra na noite de estreia do festival. As perguntas que temos que fazer são: será que Stephanie realmente sabia de algo e por isso desapareceu ou apenas falou demais? E o mais importante: Jesse e seus amigos vão conseguir solucionar o caso corretamente dessa vez?

Este livro foi o ponto alto das minhas leituras até agora. Ele me prendeu do inicio ao fim e me deixou extremamente curioso para saber o que estava acontecendo. A sensação que eu tive é que estava preso em uma “novela das nove”, cuja trama só ficava cada vez mais intrigante.

Neste livro muitas coisas ocorrem, há muitos personagens e as histórias individuais se cruzam de forma caótica. Alguns leitores classificariam isso como excessivo e cansativo, porém Dicker fez toda essa mistura com maestria. Nenhum detalhe é desnecessário e o “bolo de rolo” que ele monta tem como objetivo instigar e prender o leitor. Os personagens são profundos, engraçados, dramáticos e em algum momento ou em alguma ação nos identificamos com eles. E o melhor: Joël conseguiu manter a identidade do assassino oculta até o final, mas sem esconde-lo, ele esteve ali a historia inteira.

Joël Dicker nasceu em Genebra, suíça em 1985, e seu livro de estreia A verdade sobre o caso Harry Quebert foi aclamado pela crítica e recebeu diversos prêmios. Ouso dizer que pretendo ler o restante de suas obras, pois amei a escrita dinâmica, fluída e que sempre parece montar um quebra-cabeça. Outro ponto positivo é que sempre ambienta suas histórias ao redor de sociedades elitistas e tradicionais. Aquela pequena crítica à falsa perfeição e hipocrisia das pessoas ricas.

Um livro instigante e uma historia deliciosa de se ler. Recomendo este livro para todos aqueles que gostam de uma boa fofoca, investigação policial minuciosa, quebra-cabeças complicados e que amaram a série de TV Revenge.

Até o próximo mês, pessoal!

Esse é o problema. O senhor viu o que queria ver, e não o que estavam lhe mostrando. Foi isso que o senhor deixou escapar há vinte anos. Foram suas últimas palavras.
Ela foi embora, me deixando com seu enigma, seu cartão de visita e a fotocópia da reportagem.”


Avaliação

Avaliação: 5 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


O Desaparecimento de Stephanie Mailer

Joël Dicker

ISBN: 978-85-510-0363-3

2019 – Intrínseca

578 páginas (Pt/Br)

Sinopse: Na noite de 30 de Julho de 1994, a pacata vila de Orphea, na costa leste dos Estados Unidos, assiste ao grande espectáculo de abertura do festival de teatro. Mas o presidente da Câmara está atrasado para a cerimónia… Ao mesmo tempo, Samuel Paladin percorre as ruas desertas da vila à procura da mulher, que saiu para correr e não voltou. Só para quando encontra o seu corpo em frente à casa do presidente da Câmara. Dentro da casa, toda a família do presidente está morta.
A investigação é entregue a Jesse Rosenberg e Derek Scott, dois jovens polícias do estado de Nova Iorque. Ambiciosos e tenazes, conseguem cercar o assassino e são condecorados por isso. Vinte anos mais tarde, na cerimónia de despedida de Rosenberg da Polícia, a jornalista Stephanie Mailer confronta-o com uma revelação inesperada: o assassino não é quem eles pensavam, e a jornalista reclama ter informações-chave para encontrar o verdadeiro culpado.
Dias depois, Stephanie desaparece.
Assim começa este thriller colossal, de ritmo vertiginoso, entrelaçando tramas, personagens, surpresas e volte-faces, sacudindo o leitor e impelindo-o, sem possibilidade de parar, até ao inesperado e inesquecível desenlace.
O que aconteceu a Stephanie Mailer?
E o que aconteceu realmente no Verão de 1994?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s