Indicações de Amigos #5

Olá, Sonhadores! Sejam muito bem-vindos ao último post da série de Indicações de Amigos. Minha última convidada é muito especial, não só por ser uma amiga de longa data, mas também por ser internacional! A Raquel (@raquelvsa) é de Portugal! Nos conhecemos pela internet há mais de dez anos e mantemos a amizade até hoje. Preparados para as indicações dela? Vamos lá!

#GIRLBOSS

Sophia Amoruso

SkoobGoodreadsAmazon

Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.

Raquel: Decidi ler este livro depois de assistir a série da Netflix com o mesmo nome (e apenas uma temporada – pode ser um bom ponto de partida para aqueles que, como eu, têm uma certa resistência em começar um livro novo). O livro é focado na vida de Sophia Amoruso, CEO da Nasty Gal, e a sua jornada com a marca. De uma pequena loja no Ebay de revenda de roupa vintage, para um negócio milionário, é impossível não ver Sophia como uma inspiração ao nível de marketing.

#GIRLBOSS é uma leitura viciante e inspiradora, com uma forte dose de realidade. Revirar lixo para procurar comida e pequenos furtos fazem parte de um passado com zero de glamour, que ninguém imaginaria vindo de uma CEO de sucesso, mas que não impediu Sophia de se tornar numa referência. O livro mostra que, na vida, é necessário muito estudo, esforço e dedicação, mas que o nosso lugar é aquele que nós quisermos que seja – e não somos definidos pelo nosso passado ou pelos nossos erros. Esta é uma recomendação para todas as Girl Bosses que lêem o blog do Lucas, para que se inspirem a correr atrás dos seus sonhos e que não desistam deles. Antes de passar para o próximo livro, deixo aqui uma das minhas citações preferidas:

“Eu ficava dizendo a mim mesma que Danny, meu investidor, não era meu amigo, ainda que tivéssemos ótimas conversas durante o jantar e eu adorasse a mulher dele, porque eles eram do mundo de pedigree de MBAs e carreiras de verdade, enquanto eu não passava de uma intrusa com uma camiseta do BlackSabbath. Finalmente, porém, cheguei a um ponto em que decidi que isso era bobagem. Parei de sentir que eu não estava à vontade em lugar algum e percebi que eu poderia me sentir à vontade em qualquer lugar em que eu quisesse estar — fosse numa sala de reuniões, na classe executiva ou no palco para a Cúpula de CEOs da Women’s Wear Daily.”
(A famosa síndrome do impostor, né?)

Lucas: O que mais vemos nessa temática são homens contando suas histórias de sucesso como empreendedores. É muito bom ter também a representatividade feminina contando sua história que é bem diferente da masculina (com muitas questões que só elas sofrem). Eu ainda não li este livro, pois não é muito minha praia, mas com certeza deve ser um livro muito inspirador.


Mulheres que Correm com os Lobos

Clarissa Pinkola Estés

SkoobGoodreadsAmazon

Os lobos foram pintados com um pincel negro nos contos de fada e até hoje assustam meninas indefesas. Mas nem sempre eles foram vistos como criaturas terríveis e violentas. Na Grécia antiga e em Roma, o animal era o consorte de Artemis, a caçadora, e carinhosamente amamentava os heróis. A analista junguiana Clarissa Pinkola Estés acredita que na nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas de uma forma semelhante. Ao investigar o esmagamento da natureza instintiva feminina, Clarissa descobriu a chave da sensação de impotência da mulher moderna. Seu livro, Mulheres que correm com os lobos, ficou durante um ano na lista de mais vendidos nos Estados Unidos. Abordando 19 mitos, lendas e contos de fada, como a história do patinho feio e do Barba-Azul, Estés mostra como a natureza instintiva da mulher foi sendo domesticada ao longo dos tempos, num processo que punia todas aquelas que se rebelavam. Segundo a analista, a exemplo das florestas virgens e dos animais silvestres, os instintos foram devastados e os ciclos naturais femininos transformados à força em ritmos artificiais para agradar aos outros. Mas sua energia vital, segundo ela, pode ser restaurada por escavações “psíquico-arqueológicas” nas ruínas do mundo subterrâneo. Até o ponto em que, emergindo das grossas camadas de condicionamento cultural, apareça a corajosa loba que vive em cada mulher.

Raquel: Outra recomendação, essencialmente, para o público feminino. Enquanto mulher, nunca tinha lido um livro tão reconfortante e aquecesse o coração de tal forma como esta obra de Clarissa Pinkola Estés. Algo que me agradou é que este não é um livro para ser lido de seguida. Está dividido em diversos contos sobre a mulher selvagem, que vão fazer com que qualquer mulher sinta uma ligação com a sua natureza instintiva, para ler pouco a pouco (podendo-se intercalar com a leitura de outras obras).

Mulheres que Correm com os Lobos é um livro para refletir e requer tempo para absorver toda a informação, mas que deixa um forte sentimento de leveza. Queria deixar uma citação, porque nada que eu vos possa dizer sobre este livro faz jus à sua perfeição, mas confesso que tenho uma lista imensa e é simplesmente impossível escolher a melhor, então vou deixar aqui duas:

“Esse treinamento básico para que as mulheres “sejam boazinhas” faz com que elas ignorem sua intuição. Nesse sentido, elas de fato recebem lições específicas para que se submetam ao predador. Imaginem uma loba ensinando seus filhotes a “serem bonzinhos” diante de uma doninha enfurecida ou de uma astuciosa cascavel.”

“Fico perplexa com o fato de as mulheres hoje em dia chorarem tão pouco e, quando o fazem, procuram justificativas. Fico preocupada quando a vergonha ou o desabito começam a eliminar uma função natural. Ser uma árvore florida e estar cheia de seiva é essencial, se não você pode se quebrar. Chorar faz bem, e é certo. Chorar não cura o dilema, mas permite que o processo continue em vez de entrar em colapso.”

Lucas: Não li, mas conhecia este livro. Acho que mesmo se eu tivesse lido não teria absorvido tudo o que ele transmite pelo simples fato de eu ser homem e, portanto, não conseguir enxergar e sentir o que uma mulher sentiria lendo este texto.

Achei uma recomendação muito forte e aproveitando este momento queria dizer que foi por causa disso que fiz essa série de indicações de livros pelos meus amigos. Somente desta maneira eu conseguiria trazer tanta diversidade e representatividade de recomendações. Fico muito feliz e, para mim, esta série foi um grande sucesso!


O Alquimista

Paulo Coelho

SkoobGoodreadsAmazon

Quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo.
De tempos em tempos, surge um livro capaz de mudar para sempre a vida de seus leitores. “O Alquimista” é um deles.
Com mais de 65 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, o mais famoso título de Paulo Coelho já se estabeleceu como um clássico moderno, atemporal e universal, que segue fascinando públicos cada vez maiores, de diferentes gerações.
Simples, sábia e inspiradora, esta história refaz os passos de um pastor da Andaluzia que viaja para o deserto egípcio em busca de um tesouro enterrado nas Pirâmides.
O que começa como uma jornada para encontrar bens materiais torna-se uma descoberta das riquezas que escondemos dentro de nós mesmos.
As belas lições que Santiago aprende ao longo do caminho nos falam da sabedoria de ouvir o que diz o coração, de ler os sinais com que deparamos ao longo da vida e, acima de tudo, da importância de seguir os nossos sonhos.

Raquel: Para fechar o top 3 de uma eterna sonhadora, nada melhor do que esta belíssima obra de Paulo Coelho. É surreal pensar que só li O Alquimista este ano, principalmente considerando que, desde pequena, ouço que o universo conspira a nosso favor quando queremos algo. Mal sabia eu que a famosa citação vinha deste livro.

O hábito da leitura é algo que, infelizmente, tendo a deixar de parte. No entanto, para O Alquimista eu fiz questão de arranjar tempo, porque é daqueles livros que agarra o leitor e realmente dá vontade de continuar. Embora todas as menções a Deus, acredito que esta seja uma obra que transcende crenças e que consegue transportar o leitor, na perfeição, ao longo de toda a viagem sem prejudicar a leitura. É um livro incrivelmente inspirador, em que o misto da busca pela realização do sonho com os sinais do universo tornaram a leitura leve, encantadora e mágica. Para encerrar, deixo duas citações para todos os sonhadores:

“E como consigo adivinhar o futuro? Graças aos sinais do presente. No presente é que está o segredo; se prestares atenção ao presente, poderás melhorá-lo. E se melhorares o presente, o que acontecerá depois também será melhor.”

“É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante”
(Para aqueles que chegaram até aqui no post, quem sabe será isto um sinal.)

Lucas: Este livro eu já li! Apesar de Paulo Coelho ser um dos maiores escritores do mundo, eu não gosto muito do estilo de seus livros. Talvez por ainda não estar preparado para absorver seus textos, talvez por pura questão de gosto, não sei. Mas reconheço que seus livros tem histórias muito inspiradoras e que valem a pena a experiência de ler. Em algum momento no futuro, quando me sentir mais experiente (tanto como leitor, como ser humano) pretendo dar uma nova chance para este autor.


Espero muito que tenham gostado dessa série de posts onde eu convidei amigos para indicar livros que eles gostam. Abaixo segue os links para os posts anteriores:

Michelly

P. S. Allen

Bruna

Pedro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s