Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal - Brandon Sanderson

Resenha | Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal – Brandon Sanderson

Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal é o primeiro volume de uma série infanto-juvenil publicada por Brandon Sanderson em 2007.


Olá, Sonhadores! Esse mês está sendo um período de trazer de volta autores que há muito tempo eu não trago aqui para o blog. O de hoje é ninguém menos de Brandon Sanderson com um de seus livros mais raros de encontrar aqui no Brasil, pois só foram publicados uma vez e depois foram esquecidos no churrasco. Felizmente eu achei um exemplar em um sebo, li, e hoje venho com a resenha dele para vocês!

“Pela minha experiência, a maioria dos problemas na vida é causada pela falta de informação. Muitas pessoas simplesmente não sabem as coisas que precisam saber. Algumas ignoram a verdade; outras jamais a entendem.”

Sobre o Livro

Essa história conta as aventuras do jovem Alcatraz, um garoto de 13 anos que passou a vida inteira como órfão, sendo transferido de família em família, pois nenhuma aguentava sua pior característica: ele destrói tudo o que toca. Mas tudo muda quando ele recebe um pacote de areia que aparentemente é a herança que seus pais deixaram para ele.

Mas essa não é uma areia qualquer, é uma areia especial que atrai o interesse de um misterioso grupo conhecido como os Bibliotecários do Mal. Antes que o verdadeiro avô de Alcatraz aparecesse para proteger o neto e sua herança, a areia é roubada. Então, o velho explica para o menino a situação: a areia é muito perigosa nas mãos erradas e eles precisam recupera-la.

Alcatraz, sem entender nada direito, parte com o velho e alguns primos (que ele acabou de descobrir que tinha) em busca de sua herança. Nessa jornada ele descobre que muitas coisas no nosso mundo não são o que parecem e que seu problema de quebrar tudo o que toca é, na verdade, seu maior talento!

Outros livros que podem te interessar:

Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal - Brandon Sanderson

Minha Opinião

Como um bom livro infanto-juvenil, ele é muito divertido de se ler, mas não apenas por ser leve ou ter situações engraçadas. Ele é divertido porque o protagonista se conecta diretamente com você sendo o narrador da história. E ele é aquele tipo de narrador que interage bastante com o leitor com o objetivo de nos causar as mais diversas emoções.

É um livro bem diferente de tudo o que eu já li do autor. É realmente voltado para o público mais jovem, pois não tem muita seriedade nos acontecimentos, nem na construção o universo. O próprio sistema de magia é meio qualquer coisa. Tem algumas regras, mas nada impede de as regras mudarem do nada. Tem também muita coisa aleatória que dá certa personalidade caótica ao livro, mas ao mesmo tempo pode desagradar quem gosta de histórias mais bem construídas.

É um livro que eu recomendo para quem gosta de ler infanto-juvenil ou quer conhecer outra faceta do autor. Mas de qualquer forma é um livro difícil de encontrar e nem se quer a série veio completa para o Brasil. Até mesmo a versão americana é um pouco inacessível. Além disso, apesar do plot principal se encerrar neste livro, muita coisa fica em aberta e sem explicações. É aquele tipo de série que não dá para ler só o primeiro livro, sabe? Felizmente, eu achei também o segundo volume e pretendo ler. Só espero que ele tenha uma conclusão satisfatória, pois dificilmente lerei os próximos.

“Segundo minha experiência, o final de um livro é ao mesmo tempo a melhor e a pior parte de se ler. Pois o final frequentemente decide se você adora ou detesta o livro.”


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal - Brandon Sanderson

Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal

Brandon Sanderson

ISBN: 978-85-021-0376-4

2010 – Benvirá

288 páginas

Português (Brasil)

Sinopse

Alcatraz é um órfão de 13 anos que vive de lar adotivo em lar adotivo, sempre sob a tu­tela da assistente social Sra. Fletcher. Desastrado a ponto de ser capaz de destruir qual­quer coisa, mesmo sem querer, já foi devolvido por 26 famílias. Um dia, recebe pelo cor­reio um pacote cheio de areia como herança de seus verdadeiros pais. Começam então suas aventuras repletas de mistérios e ingredientes mágicos: Alcatraz pertence a uma linhagem nobre de pessoas com poderes ao contrário (o dele é de quebrar as coisas). A trama se passa quase inteiramente dentro de uma biblioteca e o autor aproveita para citar filósofos e alegorias gregas e recomendar livros reais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s