Sobre Ficar Doente

Sobre Ficar Doente

Olá, Sonhadores! Tudo bem com vocês? Aqui não estava nada bem semana passada, mas agora já está melhor. Fui uma das vítimas dessa epidemia de gripe que atingiu o país nessa virada de ano e passei toda a primeira semana de 2022 morrendo. Inclusive, isso fez com que eu nem se quer conseguisse fazer o primeiro post de sábado aqui pro blog. Este aqui vai ser o primeiro e vou falar justamente sobre essa semana horrível em que fiquei doente e dar atualizações sobre minha vida na casa nova. Caso você não tenha visto, essa série de postagens já teve duas edições: Sobre Mudar de Casa e Sobre se Adaptar.

Eu já vou começar com um desabafo, pois toda essa situação foi extremamente INJUSTA. Eu raramente saio de casa, se teve alguém que fez isolamento durante a pandemia, fui eu. Inclusive, não saímos para lugar nenhum nessas festas de fim de ano também. Não sou muito de sair, trabalho em Home Office e a única pessoa com quem convivo é o P.S. Allen. E foi ele mesmo quem me contaminou! Muita gente na empresa em que ele trabalha pegou gripe (sabemos disso, pois ninguém que ficou doente deu positivo no exame de covid). Por consequência, ele acabou pegando também & me transmitindo já que moramos juntos. Só que ele ficou mal um ou dois dias, teve uma rápida dor de garganta e já ficou bem. Mas eu não, CLARO que comigo ia ser diferente. Eu fiquei a semana INTEIRA muito mal e quando eu tava melhorando me deu uma infecção na garganta que eu não conseguia comer e falar por DIAS.

Eu fiquei tratando com remédios para gripe e analgésicos, mas como estava demorando pra passar fui pro hospital para um médico avaliar, pois talvez eu tivesse que tomar antibiótico. Não sei você, mas eu tenho medo de ir no hospital e acabar pegando outro tipo de vírus, principalmente porque eu sabia que não tinha covid e que lá no hospital eu ficaria super vulnerável. Mas enfim, tive que ir. Fiquei três horas lá e no fim das contas nem precisava, só serviu para tirar a dúvida, pois era apenas uma infecção viral mesmo e só me restava esperar mais uns dias para passar.

Felizmente no fim ficou tudo bem, achei que passaria ileso por essa fase sem ficar doente, mas dessa vez não consegui fugir. Fazia muito tempo que eu não ficava doente, no máximo a rinite ataca as vezes, mas febre eu não sentia desde meu último trabalho antes da pandemia. Muita gente não teve a mesma sorte e teve consequências piores, por isso é tão importante que todos se vacinem e sigam os protocolos de saúde. Logo logo já vou tomar minha terceira dose, inclusive!

Mas enfim, ter tido essa gripe justo na primeira semana do ano acabou com minha empolgação de ano novo. Esse geralmente é o período que eu sou mais produtivo, que começo todos os projetos que planejei, que dou um gás para adiantar muita coisa. Só que por causa disso tudo acabou não rolando nada. Só agora eu estou começando a colocar as coisas e ordem, mas ainda assim sei que aquela disposição não vai voltar tão cedo… ainda bem que, pelo menos, eu consegui ler bastante enquanto estava doente. Eu DETESTO desperdiçar tempo, então se pelo menos ler eu estava conseguindo, era nisso que eu focaria nesses dias.

Quanto a casa, só não ficou largada as traças porque o P.S. Allen dava conta de cuidar depois que melhorou, pois se dependesse de mim… E ainda bem que a gente inventou de fazer uma super faxina no dia 31 para começar o ano já livre disso!

Desde o último post que dei atualizações sobre minha adaptação aqui, terminamos de dar uns toques finais no apartamento. Agora temos uma estante enorme para nossos livros (que inclusive vai servir de cenário para vídeos e vocês já podem conferir no último Resumão do Mês). Ainda falta uma coisinha ou outra (sempre tem algo, né?), mas no geral já está tudo pronto. E essa semana o condomínio começou reformas nas ruas do estacionamento, então está uma barulheira por aqui (que espero que termine logo).

Fui visitar meus pais no começo de Dezembro pela primeira vez desde a mudança. Foi muito estranho voltar lá, pois já me acostumei com aqui, foi mesmo tempo familiar e diferente. E logo eles vem para cá conhecer também. Nesse mesmo período eu estava de férias do trabalho, então aproveitei bastante para descansar depois de todo o trabalho da mudança. E ainda bem que não foi nesse período que fiquei doente. Imagina ficar doente nas férias???

Espero que essa onda de vírus passe logo. Eu estou achando que infelizmente nunca mais o mundo volta a ser o que era, mas vamos ver no que ele vai se tornar daqui pra frente…

2 comentários sobre “Sobre Ficar Doente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s