A Droga da Obediência - Pedro Bandeira

Resenha | A Droga da Obediência – Pedro Bandeira [P. S. Allen]

Olá, sonhadores! Feliz ano novo! Espero que até agora todos estejam bem, curtindo o verão, as férias e se cuidando MUITO, ok? Essa nova variante que surgiu não está para brincadeira. Então todo mundo evitando aglomerações, usando máscaras, lavando bem as mãos e tomando a vacina, ok? Logo, logo tudo isso vai passar.

O ano começou agitado por aqui, finalmente me mudei para meu apartamento novo, andei arrumando as coisas por aqui e eu e o Lucas estamos nos adaptando à rotina nova. Porém, estou feliz de ter mais tempo para fazer meus horários e estar mais perto do trabalho. E entre uma coisa e outra, tenho descansado e começado minhas leituras de 2022. Se preparem porque vem muita coisa boa por aí!

“A obediência somente leva à repetição de velhos erros. Só o respeito pela liberdade de cada um pode garantir a sobrevivência da humanidade. Só o respeito pelas opiniões divergentes pode garantir o progresso.”

O livro de hoje é nacional, muito conhecido e me surpreendeu positivamente. A Droga da Obediência (1984), do escritor Pedro Bandeira, vai contar a história dos Karas, um grupo de amigos que comanda uma escola e estão por trás de todos os esquemas. Inteligentes, espertos e influenciadores, eles sempre estão liderando o corpo estudantil para o melhor caminho. Tudo começa a se complicar quando alunos de diversas escolas começam a desaparecer sem deixar rastros e, pelo que o grupo pode perceber, a escola deles é o próximo alvo. Somado a tudo isso, eles veem seu clube secreto ser desmascarado por um garoto que os observou por um longo tempo e sabe tudo sobre seus atos.

Lidando com os desaparecimentos e tentando driblar esse novo membro do clube, os Karas começam a se envolver com algo que eles não poderiam imaginar: um médico, a sombra de alguém, que desenvolveu uma droga que faz com que a pessoa obedeça a tudo o que for mandado, e está usando os adolescentes desaparecidos como cobaias. Na tentativa de pararem os planos desse médico louco, eles acabam arranjando problemas com a polícia e com outros alunos, até que, um a um, os membros do clube começam a desaparecer, restando aos demais correr contra o tempo antes que seja tarde.

Quem leu O Escaravelho do Diabo provavelmente vai amar esse livro por ele trazer todo o clima e enredo infantojuvenil da Série Vagalume. Algo que eu acho muito interessante é o fato de os enredos dos livros serem muito “pesados” para crianças. O fato de algumas cenas,  atos dos personagens e ações dos vilões serem explicitas e fugirem um pouco da faixa etária, mostra o claro contraste entre o conteúdo infantil das décadas de 70 e 80 para a atualidade. Quando vejo comerciais, propagandas de revistas e desenhos dessa época eu até assusto um pouco (não de forma negativa) porque é realmente muito diferente.

O ponto central do livro é a obediência incondicional e se isso seria uma coisa realmente boa. O ponto de reflexão é colocado de modo muito sutil, nas ações dos personagens. O autor propõe que a obediência sem limites nem sempre é algo positivo, por nos tirar a capacidade de discernimento e dar margem a manipulação. Ele defende que o pensamento próprio e autocrítica precisam ser desenvolvidos desde criança para formar um caráter autêntico.

Quanto a trama, eu a considerei muito bem construída, as motivações dos personagens bem definidas e o desenrolar da historia muito bem feito. Do começo ao fim, o livro conseguiu prender a curiosidade, manter a tensão e todos os mistérios necessários para um bom suspense. O desfecho é meio rápido e fraco mas é perfeitamente perdoável por conta de todo o conteúdo da historia. O livro deu origem a uma série com o clube dos Karas que também foram muito elogiadas (Pântano de Sangue (1987), Anjo da Morte (1988) e A Droga do Amor (1994)).

Para quem está procurando um livro curtinho para começar as leituras do ano e que tenha uma história empolgante e atraente, essa será uma excelente escolha. Até a próxima!

“[…] Sob a ação da Droga da Obediência, as pessoas perdem o medo, o sentido de autopreservação que diminui sua capacidade física. Com ela nós estamos criando super-homens!”


Avaliação

Avaliação: 4 de 5.

Se interessou? Compre este livro pelo meu link da Amazon e apoie o blog!

SkoobGoodreads


A Droga da Obediência

Pedro Bandeira

ISBN: 978-85-160-9576-5

2014 – Moderna

192 páginas (Pt/Br)

Sinopse: Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes – os Karas – enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo.

Um comentário sobre “Resenha | A Droga da Obediência – Pedro Bandeira [P. S. Allen]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s