Sobre Estudar

Sobre Estudar

Olá, Sonhadores! Faz um bom tempo já que eu não faço um dos meus posts de reflexões sobre a vida e tudo mais, mas chegou a hora. Esses dias eu estava reparando que, esse ano, eu tenho me dedicado muito a estudar diversas coisas. Eu sempre fui assim, sempre gostei de aprender e experimentar coisas novas, então decidi fazer esse texto para refletir um pouco sobre o assunto.

Uma das coisas que tenho focado bastante em estudar esse ano são idiomas, em especial, inglês e italiano. Inglês é o básico que todo mundo deveria aprender, e por muito tempo eu me senti ok com o que eu sabia. Eu tinha noção de que eu não era avançado, muito menos fluente. Sem contar que eu também sei que eu não sou uma pessoa que tem facilidade em aprender idiomas, eu não pego as coisas tão rápido. Então, eu decidi que faria um exame de proficiência para ter uma noção do nível que eu estava. Escolhi fazer o TOEFL Essencials e me dediquei quase um ano estudando, revisando e treinando sozinho todo o conteúdo. Fiz o exame e acabei abaixo na meta que eu tinha definido. Porém, foi mais por nervosismo na hora de fazer do que por falta de conhecimento. Esse é um exame mais acessível da ETS, mas mesmo assim é meio caro. Porém, acho que valeu o investimento, pois agora tenho uma noção melhor do que eu preciso melhorar e, daqui dois anos, quando a validade do certificado vencer, tento novamente. Até lá continuo aprendendo. Enquanto ao italiano, eu comecei agora, e o motivo é pelo simples fato de que no fim do ano pretendo viajar para a Itália e, quem sabe um dia, me mudar de vez para o país.

Para quem não sabe, eu sou da área de T.I. e trabalho como programador já fazem mais de dez anos. E esse é uma área excelente, que cresceu muito nos últimos anos. Porém, não é fácil. Todos os dias a gente precisasse atualizar sobre tecnologias novas. E por mais que eu goste de estudar, isso é bem exaustivo. Confesso que nos últimos anos, eu me dediquei muito pouco a isso, e acabei ficando “atrasado”. Então esse ano eu decidi dar um gás e tenho estudado muitas coisas. Felizmente eu emprego me fornece não só uma plataforma de estudos, mas também a oportunidade de aplicar o que eu aprendo. Vale lembrar, para quem tem interesse ou já é da área, que você não precisa abraçar o mundo e aprender sobre tudo. Vale mais apena escolher algumas coisas e se especializar nisso. Até porque, de um dia pro outro surge algo novo e tudo o que você sabia acaba se tornando defasado, olha que bom.

Eu sou uma pessoa bem prática, gosto de unir o útil ao agradável, então, como eu tenho um blog sobre livros e tenho que postar resenhas regularmente, eu me aproveito disso para ler livros de não ficção sobre temas que eu me interesso e acabo aprendendo mais sobre muitas coisas! Por exemplo, esse ano eu li sobre a Teoria da Evolução e sobre Mitologia Egípcia. Não tenho a menor intenção de me especializar nesses assuntos, eu leio como leigo apenas para satisfazer minha curiosidade e ampliar minha cultura. É algo que eu recomendo muito as pessoas fazerem. As vezes é bom dar um tempinho da ficção e ler algo diferente.

Falando sobre métodos de aprendizagem, apesar de eu ter sido um bom aluno na época da escola e até mesmo na faculdade, eu nunca gostei desse formato de sala de aula. Tem muitas distrações, muita perda de foco com coisas paralelas e uma necessidade de dedicar tempo para a socialização. Ok que essas coisas ajudam a gente a conseguir levar os estudos com mais leveza, mas acaba não sendo muito eficiente. Eu prefiro muito mais aulas a distância ou em vídeos. Sobre ser autodidata, eu acho ok, mas também tem seus problemas, acho importante você pelo menos ter alguém que possa servir como orientador. O formato de provas que o ensino comum tem também é meio questionável. Eu nunca funciono bem quando o foco é tirar uma nota boa, ao invés de usar isso para verificar o que eu consegui absorver. A pressão atrapalha muito para mim.

Estudar, para mim, também não é só questão de absorver novos conteúdos, a prática de algo também está incluso nisso. Por exemplo, escrever para o blog é uma forma que eu tenho de estudar e aprimorar minha escrita. Assim como quando faço desenhos ou tento conversar com alguém em inglês. A prática é muito importante. Outra coisa que me ajuda muito a aprender é a organização lógica. Quando informações são jogadas para mim sem uma estrutura lógica, sem eu conseguir ver o conteúdo como um todo, eu tenho muita dificuldade de absorver. Nesses casos eu costumo montar um caderninho, onde eu mesmo organizo o conteúdo de forma lógica e acabo conseguindo absorver melhor. Isso faz muita diferença. Se você também tem dificuldades nisso, tente esse método, anote da forma com que seu cérebro consiga criar uma lógica em cima do conteúdo. Há quem diga também que não é bom aprender muitas coisas simultaneamente, que você pode confundi-las. Acho que isso tem sentido, mas é mais uma coisa que organizar de forma lógica pode ajudar.

Bem, acho que esse post já ficou muito grande, né? Caso tenha algo a acrescentar, deixe nos comentários que eu vou adorar saber. Quem sabe em algum momento eu venha com uma continuação abordando mais sobre esse tema. E já dizia Albert Einstein: lembre-se que as pessoas podem tirar tudo de você, menos o seu conhecimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s