Minha Relação com a Nintendo

Minha Relação com a Nintendo

Olá, Sonhadores! Semanas atrás eu mencionei que sou muito gamer quando fiz o primeiro post de análise de jogo. Lá eu também comentei que focaria no Nintendo Switch (e PC), pois é o único console que tenho. Então decidi fazer esta postagem falando um pouco sobre qual é minha relação com a Nintendo. Por que só tenho o Switch? Odeio o Playstation e o Xbox? Sou um gamer poser? Essas e outras perguntas serão respondidas hoje!

Bem, o fator principal de eu ter entrado no mundo da Nintendo foi porque ela é a casa de Pokémon. Se Pokémon fosse da Sony, talvez eu nunca nem tivesse tido um Nintendo, não sei. Quando eu era criança eu tive o famigerado Playstation 1, joguei muuuuuitos jogos super populares da época como Crash Bandicoot, Tomb Raider, Harvest Moon, Mortal Kombat e etc, etc, etc. Na época eu já sabia da existência dos jogos de Pokémon do Game Boy e Game Boy Color, mas meus pais não tinham condições de comprar os portáteis para mim, então eu me contentava com o velho Playstation que era mil vezes mais acessível no Brasil.

Anos depois eu ganhei um Playstation 2 e apesar de ter jogado bastante nele também, eu já não estava mais me identificando tanto com os jogos. O Play 2 apesar de ser o videogame mais vendido do mundo, não conseguiu me conquistar tanto. Não sei explicar o motivo, mas mesmo tendo ele, eu ainda achava mais divertido os jogos do Play 1. E nessa mesma época eu também ganhei meu primeiro computador e entrei no mundo dos jogos de emuladores. E foi AQUI que finalmente tive a oportunidade de jogar Pokémon!

Foram anos jogando muito, não só nos emuladores de GB/GBC/GBA, mas também do Nintendo 64. Eu já tinha experimentado esses consoles na casa de amigos e parentes, mas pela primeira vez eu estava tendo os meus saves.

Quando chegou a época do Nintendo DS, eu fui esperto. Desde muito novo eu sempre fui bom eu guardar dinheiro e usei tudo o que eu tinha para comprar o DS Lite e Pokémon Diamond que havia abacado de lançar. Finalmente eu poderia jogar no console original. Logo mais eu comecei a trabalhar e daí pra frente não larguei mais a Nintendo. Tive o Nintendo 3DS e agora o Nintendo Switch. Porém, eu não tive os consoles de mesa da Nintendo, nunca me interessei pelo Wii/Wii U. Portáteis me conquistaram e funcionam muito melhor na minha rotina e no meu estilo de jogar. Quando o Switch foi anunciado eu achei a ideia de um console hibrido genial!

Não sei o que o futuro nos reserva, mas pelo visto a vida útil do Nintendo Switch ainda vai durar alguns anos. Só sei que já estou me preparando para comprar a próxima geração do console. E quanto ao Xbox, coitado, nunca tive, nunca quis ter, nunca entendi o hype encima dele. Como quase sempre os jogos que me interessam ou são exclusivos da Nintendo ou são multiplataforma (pelo menos sendo possível jogar no PC), nunca mais senti a necessidade de um Playstation e, muito menos, de um Xbox. Sei que o Nintendo Switch é mais limitado tecnicamente, em especial no quesito gráficos, mas acho que desde o que contei sobre o Playstation 2 não ter me conquistado já ficou claro que eu prefiro jogos que me divirtam mais do que jogos bonitos.

Bem, minha história gamer no geral é essa. Ao longo do ano trarei mais análises de jogos atuais e talvez também traga postagens nostálgicas de jogos antigos. Se você também gosta de jogar não deixe de seguir o blog para ser notificado. Até a próxima!

2 comentários sobre “Minha Relação com a Nintendo

  1. Legal a sua saga com Nintendo. Pokémon realmente é algo que mexe com o jogador, principalmente quando você entende o quão profundo é nas questão de tática e estratégia, mas não só isso, apesar de clichê o roteiro dos games sempre traz uma aventura envolvente, e a cada geração os games ficam mais e mais ricos de detalhes.

    Eu acho que há espaço para todos os consoles e empresas. Se você vai focar no PC talvez futuramente deva olhar um pouco mais para a Microsoft o custo/beneficio é o melhor atualmente, o controle do Xbox serve para seu PC, a live que unifica jogos de PC e Xbox.

    Eu também sempre curti mais a Nintendo, mas, estou um pouco decepcionado com gestão do atual presidente (Furukawa) que está muito focado em lucro, me lembra a Nintendo dos anos 90. No tempo do finado Satoru Iwata com o 3DS a Nintendo era mais divertida, haviam vídeos de músicas, os presidentes da Nintendo América e Japão fazendo aparições divertidas, mesmo que você não jogasse era legal abrir o 3DS ou ligar o Wii e ver os conteúdos. Eu reconheço o esforço do presidente da Nintendo LATAM (Bill Van Zyll) para reverter essa imagem para nós daqui do Brasil, mesmo assim está longe do que era na época do Wii/3DS.

    Curtido por 1 pessoa

    • Opa, valeu pelo comentário! Eu não penso em comprar um Xbox pq no meu caso eu preciso de um PC bom para trabalho, então ele acaba sendo útil pra jogos tbm e é o suficiente pra mim.

      Eu estou com uma visão otimista da Nintendo para os próximos anos. Tanto pelo fato deles estarem começando a olhar mais para o Brasil, quanto pelos jogos que estão por vir. Nunca liguei muito para esses conteúdos de marketing, só espero jogos bons e acessíveis. Quem me preocupa mesmo é a Game Freak, todo lançamento de Pokémon é um desespero hahah

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s